Os judocas sergipanos Edu Lowgan e Istelina Silva representaram Sergipe com nível de excelência na última fase da seletiva Olímpica, ocorrida no início desta semana em Lauro de Freitas, na Bahia. Os atletas, cada um em sua categoria, avançaram de fase e chegaram até a final, mas acabaram perdendo as lutas-chaves que garantiriam uma vaga na seleção brasileira de Judô. Edu perdeu para o medalhista olímpico e pan-americano Leandro Guilheiro, e Istelina foi derrotada para a medalhista mundial militar Rochele Nunes.

 

No conjunto de lutas, Edu perdeu duas e ganhou outras cinco; já Istelina lutou quatro, venceu três e perdeu uma. O resultado retrata o melhor desempenho de sergipanos na competição que faz parte do ciclo Olímpico, já visando a preparação e formação do grupo de atletas que vai representar o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

Para Edu, é um momento importante para o esporte em Sergipe. “Não conseguimos a vaga, mas podemos dizer que foi um excelente resultado. Nossos adversários na final eram nomes fortes no esporte e ainda assim tivemos um desempenho muito bom”, avaliou o judoca. Istelina encara o resultado como o adiamento de um sonho, mas não deixa de comemorar. “Posso dizer que estou feliz, mas não satisfeita. Lutei muito bem, mas ainda não foi o suficiente. Agora é me preparar, identificar as falhas e no ano que vem chegar mais preparada”, elencou a atleta.

 

Fonte Infonet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here