O presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, e outros petistas influentes parecem engolir com extrema dificuldade a “tal relação administrativa” existente entre o governador Jackson Barreto (MDB) e o deputado federal André Moura (PSC).

O deputado surfa na liberação de recursos de emendas junto ao governo federal e aparece em visitas de ministros como o maior líder político do Estado.

Ninguém consegue mobilizar tantos prefeitos e outros líderes políticos com a facilidade mostrada por André ontem na visita a Aracaju do ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

Rogério e vários seguidores no partido entendem que uma aliança com Jackson para o Senado beneficiaria apenas o governador, que estaria facilitando contatos de aliados com André.

Esses petistas também não escondem insatisfação com a “relação administrativa” do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) com André, embora nesse caso não haja dificuldade para a manutenção do apoio a Jackson.

Fonte NE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here