Entre os maiores problemas para os que estão em posição de comando estão aqueles que NE Notícias chama de AMIGOS PERIGOSOS.

São aqueles que, entre outras coisas, dizem sempre que o chefe está bem e que ouvem muitos mais elogios do que críticas nas ruas. Tudo mentira.

Primeiro, nem andam nas ruas.

Segundo, esquecem que o verdadeiro amigo procura sempre dizer, às vezes até com jeito, a verdade.

Quem anda, e mais que falar, ouve o povo nas ruas, sabe que o governador e político Jackson Barreto estão muito mal, tachado rotineiramente de mentiroso, de alguém que promete e não cumpre, que massacra servidores ativos e aposentados.

Foi o que ouvi hoje – sem perguntar, sem falar no governo ou na oposição, apenas abraçando, recebendo abraços, ouvindo – no Bugio, em Aracaju.

Fico triste por Jackson, por sua história, porque sou seu amigo, embora não tenha compromisso político, mas fico muito, mas muito mais triste com a situação de servidores ativos e aposentados.

Por outro lado, fica difícil, para não dizer impossível, acreditar que Jackson, com toda a sua história, esteja aceitando ser submisso ao SECRETÁRIO de Saúde, Almeida Lima.

A declaração de Breno Silveira, genro de Almeida, abençoado pela máquina da Saúde do governo, na última sexta-feira, de que seu primeiro voto para o Senado está reservado para André Moura (PSC), pode ser a demonstração do fim de Jackson, governador, hieraquicamente superior a Almeida, pretenso candidato ao Senado.

Fonte NE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here