Relatório de Auditoria Anual de Contas da Controladoria Geral da União (CGU) apontou um superfaturamento de R$ 1.284.850,51 na compra de geradores pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) de Sergipe. O material foi utilizado no Centro de Turismo e Lazer do Sesc Atalaia, na Zona Sul de Aracaju (SE).

Segundo o relatório, o Sesc pagou no mês de março de 2016, através de nota fiscal, R$ 2.298.494,84, mas um mês antes o valor total de aquisição do mesmo material foi de R$ 1.013.644,33. A diferença desses valores é justamente o que a CGU registrou como superfaturamento.

G1 procurou a assessoria de imprensa do Sesc/SE. Por nota, a entidade disse que “não há nenhuma irregularidade no procedimento realizado. As compras realizadas pelo Sesc seguem os parâmetros determinados pela Controladoria Geral da União. O valor foi retido pela administração do Sesc, não sendo creditado. O que aconteceu foi uma troca de um equipamento por três geradores mais atualizados para atender as demandas do hotel. Já foram prestados à CGU os devidos esclarecimentos”.

Fonte G1Sergipe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here