Policiais civis da Delegacia Regional de Lagarto recambiaram nesta sexta-feira, 23, de Uberlândia/MG para Aracaju, o preso Antônio Sebastião da Silva, foragido da Justiça sergipana há cinco anos. Ele responde por latrocínio tentado e estava custodiado no sistema prisional mineiro desde fevereiro, quando foi capturado pela polícia local com apoio e informações da PC de Lagarto.

De acordo com o delegado Tarcísio Tenório, responsável pela operação de transferência, o fugitivo foi localizado e preso no dia 9 de fevereiro passado, na zona rural da cidade de Canápolis, região de Ituiutaba. “Antonio Sebastião foi um dos autores de um assalto à mão armada à lotérica da cidade de Brejo Grande. À época, em 2013, eu atuava como titular da Delegacia de Brejo Grande.

Na ação, esse indivíduo e outro comparsa não identificado atiraram contra os vidros blindados da Loteria da cidade. Felizmente ninguém foi ferido. Na fuga, os assaltantes se depararam com a viatura da PC, na qual também me encontrava, e efetuaram vários disparos contra minha equipe”, explicou o delegado.

Durante as investigações, Antônio Sebastião foi identificado, e o delegado representou pela prisão preventiva.

“De lá para cá, mesmo atuando em outro município, continuei diligenciando no sentido de localizá-lo. Descobri que ele estava homiziado na zona rural de Canápolis e utilizava RG tirado em Minas. Então, solicitei o apoio da Delegacia Regional de Ituiutaba para os levantamentos necessários e captura do latrocida”, acrescentou.
Ainda no presídio mineiro, o preso foi interrogado e admitiu a prática do assalto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here