O gengibre, a raiz bege despretensiosa, pode não gritar “Antioxidantes!” como outros vegetais, mas tem todos os benefícios – e mais alguns. Conhecido por ajudar em problemas digestivos, náusea e inflamação, o superalimento do Sudeste Asiático é cheio de poderes ocultos. Considere estas maneiras deliciosas de aproveitá-las.

Como procurar: Escolha peças que sejam rechonchudas e nítidas, não encolhidas ou muito fibrosas.

Como conservar: Guarde o gengibre com casca, em lata de armazenamento de alimentos na geladeira por até duas semanas. Congele as sobras por até seis meses: divida-as em pedaços de 1 a 2 polegadas e descongele conforme necessário.

Como preparar: Para um fácil descascamento (e desperdício mínimo), use a ponta de uma colher para remover a pele. Para julienne, fatie finamente longitudinalmente para criar costas longas. Para picar, vire as tiras julianas a 45 graus e pique.

Confira três maneiras inteligentes de usar o gengibre nas suas refeições:

Soda de limão e gengibre

Os sucos de gengibre e limão são temperados com mel e cobertos com soda para um refrescante drink que estimula o sistema imunológico.

Sopa de Beterraba e gengibre

O gengibre faz um trabalho duplo neste prato – é cozido com as raízes e usado para dar sabor ao iogurte que está no final. A sopa torna-se um maravilhoso almoço ou jantar cheio de vitaminas.

Salada de gengibre e frango

O gengibre geralmente se casa bem com alho, e essa salada não é exceção. Os mais aromáticos são usados para dar sabor ao molho picante e aos suculentos peitos de frango assados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here