Investigadores suíços e americanos descobriram que os brinquedos de banho usados por crianças são um poço de bactérias.

Dentro dos famosos patinhos de borracha, quase sempre localizados próximo a água, foram encontradas bactérias potencialmente patogênicas, como legionela e pseudomonas aeruginosa, muitas vezes relacionada com infeções hospitalares.Segundo a reportagem do ‘Jornal de Notícias’, um estudo do Instituto Federal Suíço de Ciência e Tecnologia Aquática, a universidade ETH de Zurique e a Universidade do Illinois, nos EUA, vem dar base científica às preocupações.

“Encontramos grandes diferenças entre diferentes animais de banho. Uma das razões é o material, porque pode libertar carbono, que serve de alimento para as bactérias”, revela Lisa Neu, a investigadora responsável pela investigação.

Os cientistas revelam que encontraram 75 milhões de células por centímetro quadrados, entre bactérias e fungos, em alguns dos brinquedos analisados. Apesar de a água da torneira não ser, normalmente, um ambiente propício ao crescimento de bactérias, a má qualidade dos plásticos ajuda ao seu crescimento.

Os investigadores acreditam que regras mais apertadas sobre a qualidades dos polímeros utilizados podem ajudar a minorar esta questão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here