Camaleônica, Cleo (que já foi Pires), acumulou trabalhos na TV e no cinema, investiu no Youtube e hoje mostra sua faceta como cantora.

A carreira musical, segundo ela, sempre foi um sonho, ao lado de outro desejo, digamos, mais inusitado. “A música é minha droga. Amo. Sempre quis ser cantora. Uma vez, aos 12 anos, dei uma entrevista com o meu pai em que eu dizia que queria ser stripper ou cantora”, revelou a artista, em entrevista à Marina Caruso.A veia musical, segundo ela, foi herança tanto do pai, Fábio Jr., quanto do padrasto, Orlando Morais. “Tive uma criação musical por causa dos dois. Embora a gente tenha estilos diferentes, desde que lancei o EP ‘Jungle Kid’ troco ideias com o Orlando. Quando venho ao Rio, fico direto na casa dele e da minha mãe”, declarou a musa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here