Rogério Carvaho teve liminar negada ontem pelo Superior Tribunal de Justiça em recurso impetrado contra condenação em ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público de Sergipe.

A ação decorre de problemas relacionados ao período em que foi secretário de Estado de Saúde.

Ainda falta julgamento do mérito.

Com a decisão, Rogério continua inelegível, não podendo, portanto, disputar as eleições de outubro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here