ouco antes das 21h desta quinta-feira (12), a Justiça condenou a um ano de seis meses o vereador de Aracaju, Cabo Amintas (PTB), por lesão corporal. O Ministério Público havia denunciado o vereador e mais um homem, que já está falecido, por tentativa de homicídio duplamente qualificado. A defesa do parlamentar e o MP ainda podem recorrer.

“O que houve foi uma desclassificação, uma mudança da acusação do crime de tentativa de homicídio para lesão corporal. Foi com base nisso que o juiz aplicou a pena, que na prática não implica nada em desfavor de Cabo Amintas, porque ela está prescrita. Estamos convencidos que ele não praticou nenhum crime, nem de lesão, nem de tentativa de homicídio. Ainda não sabemos se vamos recorrer, mas vamos pensar com bastante calma. Temos um prazo de cinco dias para apresentar a apelação”, explica Aurélio Belém, advogado de defesa.

Segundo o Ministério Público, Cabo Amintas teria instigado o crime em virtude de um desentendimento entre ele e a vítima, por conta de uma dívida referente à compra de um veículo. A vítima contou em depoimento que no dia em que a dívida seria paga, Amintas chegou ao local marcado com um policial militar e que os dois teriam o agredido fisicamente.

Em resposta, o vereador afirmou que apenas acompanhou o amigo, que era quem tinha uma desavença com a vítima. “Eu estava apenas acompanhando meu amigo. Nós dois éramos soldados na época e eu inclusive estava desarmado”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here