Um dia após ao aparecimento da mancha de óleo que atingiu cerca de 1 km da faixa de areia da Praia de Jatobá, no município de Barra dos Coqueiros (SE), a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) voltou ao local para fazer a limpeza da área.

A equipe técnica da Subgerência de Projetos de Atividades da Cadeia do Petróleo (Supap) realizou uma análise próximo ao Terminal Marítimo Inácio Barbosa para identificar os danos ambientais, o tipo de poluente, áreas afetadas e observar as ações das empresas na limpeza e monitoramento da área.

O composto derivado de petróleo é proveniente do emissário da empresa Mosaic, resultado de uma falha, o que levou a Adema, ainda no sábado (14), a determinar a suspensão do funcionamento do emissário para tomar as providências necessárias.

Segundo os técnicos da Adema, ainda foram encontrados resquícios de óleo e sedimentos derivados de petróleo em toda faixa de areia, que chegavam em formas de pelotas, junto com algas contaminadas.

Por nota, a empresa Mosaic disse que o duto foi paralisado após a ocorrência e equipes da Mosaic e da Petrobras foram mobilizadas para fazer a limpeza da faixa de praia. A nota diz ainda que a origem do óleo e as causas do problema estão sendo analisadas pelas empresas e os órgãos fiscalizadores foram informados da situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here