No mês de maio, entre os dias 16 à 18 de maio, acontece o II Encontro Nacional do Programa Conecta Bibliotecas, no Rio de Janeiro. O jovem bibliotecário Danilo Garcia, coordenador da Biblioteca Pública Municipal Alice Cirila, localizada no Povoado Brasília, estará representando o município de Lagarto.

O encontro nacional tem o objetivo de discutir a formação em pesquisa da comunidade, o compartilhamento de experiências relevantes em bibliotecas, a avaliação e consulta de opinião e o compartilhamento da visão sobre sustentabilidade da rede nacional de Bibliotecas, além de debater outras formas de atrair ainda mais os usuários potenciais para dentro das bibliotecas, através dos recursos informacionais disponíveis na repartição.

Em Sergipe, somente quatro bibliotecas estão cadastradas no site do Conecta Bibliotecas. Para participar do evento, a biblioteca do povoado Brasília, foi selecionada após concorrer com bibliotecas públicas de todo o país.

Segundo Danilo, para participar do encontro, foi necessário passar por um processo de seleção que envolvia os índices biblioteconômicos, atividades da instituição, dentre outros e a seleção só foi possível graças a ao trabalho que o mesmo vem desenvolvendo junto a instituição e comunidade.

“Para se ter uma ideia, em 2014 quando cheguei para gerir a biblioteca, verificando os índices do ano anterior, foi constatado que em 2013 houveram apenas 300 acessos ou seja, apenas 300 usuários na biblioteca, dois anos depois em  2016 tivemos 2400 e a tendência é que o número cresça muito ainda esse ano, em virtude do funcionamento do telecentro”, afirmou Garcia.

Em janeiro deste ano, Danilo também organizou uma campanha através dos veículos de comunicação do município, para arrecadar livros, dentre outros materiais, para melhor atender os usuários da biblioteca e com esse espírito criativo e persistente, que o mesmo vem coordenando a biblioteca.
 
Em entrevista ao Portal Lagartense, Danilo declarou que se sente agraciado e reconhecido pelo seu trabalho, pois entre todas as bibliotecas públicas do país, sendo muitas melhores que a sua, ele se destacou e conseguiu êxito na seleção.

“Acredito que muitas vezes o que falta é força de vontade e pessoas que queiram fazer algo melhor por nosso país e pela educação”, afirmou Danilo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here