Após circular em grupos de WhatsApp que uma aluna havia sido violentada sexualmente no banheiro da Escola Municipal Frei Cristóvão de Santo Hilário, em Lagarto, secretaria de educação emite nota desmentindo o caso.

NOTA

As Secretarias Municipais de Educação e da Comunicação vêm a público esclarecer sobre um boato veiculado em alguns grupos de WhatsApp, onde uma aluna teria sido abusada sexualmente por quatro colegas no banheiro da Escola Frei Cristóvão, chegando a sangrar.

Diante disso, a Administração Municipal afirma que as informações são totalmente inverídicas. O que ocorreu foi uma briga entre alunos de 11 e 12 anos com puxões de cabelo e tapas.

A equipe diretiva da escola já tomou as providências cabíveis com relação à punição dos alunos responsáveis. A mãe da aluna envolvida na discussão compareceu na unidade de ensino e afirmou que a filha não foi estuprada, não sofreu nenhuma lesão ou possui hematomas.

Diante do exposto, a assessoria jurídica do Município informa que compartilhar notícias falsas, com a intenção de difamar ou denegrir, é crime, sendo passível de punição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here