Os peixes e, também, outros frutos do mar podem sofrer contaminação, especialmente por metais pesados (Cobre, Chumbo, Mercúrio, Arsênio e Cádmio). E a consequência é um consumo excessivo desses metais pesados.

O frequente consumo de alimentos contaminados com metais tóxicos é prejudicial por sobrecarregar o trabalho hepático e atrapalhar o funcionamento equilibrado do organismo.

A nutricionista Pâmela Miguel explicou ao site ‘Dica de mulher’ que os níveis desse metal pesado diferem bastante, principalmente entre os peixes.

“O tipo de peixe, o tamanho, o habitat, a alimentação e a idade são fatores que influenciam no nível de mercúrio. Os peixes predatórios, ou seja, aqueles que comem outros peixes e estão no topo da cadeia alimentar, possuem mais tendência a ter um maior nível de mercúrio”, explica.

O que devemos evitar?

Cação

Tucunaré

Pescada branca

Tainha

Cavala

Garoupa

Arenque

Camarão (que, por sua característica filtrante, pode absorver grande parte das impurezas da água)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here