A equipe do delegado Clever Farias realizou na manhã do dia 14/05/18 a prisão em flagrante a pessoa com as iniciais T.A.S., 25 anos, pelo crime de cárcere privado, estupro e exploração sexual. T.A.S. mantinha a companheira, J.S.A., trancada em casa e a obrigava a filmar cenas eróticas e a praticar sexo com o intuito de vender as imagens para sites pornográficos.

T.A.S ameaçava matar a vítima e os familiares, caso fosse denunciado, e conseguiu manter o sigilo de sua atividade criminosa por aproximadamente 2 anos. A vítima procurou a Delegacia após sair de uma consulta médica na manhã do dia 14/05 e veio acompanhada de uma irmã menor de idade que também afirmou ter sido aliciada pelo agressor.

Foram apreendidos um computador, uma filmadora, roupas e materiais eróticos na residência do casal. Ficamos surpreso com o estado de abalo emocional da vítima e frieza do agressor que afirmava que tudo era consentido, dando a entender que T.A.S. é portador de algum tipo de psicopatologia, conclui o Delegado Clever Farias.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here