Por causa do desabastecimento nos postos de combustível, provocado pela paralisação dos caminhoneiros iniciada na terça-feira (22) no Estado, diversos órgãos público em Sergipe decretaram ponto facultativo. Cerca de 160 mil alunos estão sem aula.

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e todas as suas unidades espalhadas da capital e interior, o Ministério Público de Sergipe, a Defensoria Pública Estadual, a Câmara Municipal de Aracaju e o Tribunal Regional do Trabalho.

A Secretaria de Estado da Educação anunciou que não vai ter aula nas escolas da rede estadual, totalizando 160 mil alunos sem aula. No município de Aracaju não houve alteração e os estudantes podem seguir normalmente às unidades de ensino.

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) também resolveu manter a suspensão das atividades pedagógicas para os 30 mil universitários. A direção de cada campus do Instituto Federal de Sergipe vai decidir se haverá aulas, no da capital foi decretado ponto facultativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here