O Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS), filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), recepcionou nesta sexta-feira 125 novos profissionais para reforçar o atendimento na unidade hospitalar nas áreas assistencial e médica. A iniciativa visa dar maior efetividade à crescente procura por atendimento por parte da população de Lagarto e região, que tem o HUL como referência para as suas necessidades de cuidado e atenção. 

Os novos profissionais foram aprovados em concurso público realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Com as quatro convocações anteriores ocorridas desde que a empresa pública assumiu na integralidade o HUL, em 22 de dezembro de 2017, o número de novos profissionais convocados este ano para atuação na unidade hospitalar já chega a 229 funcionários. 

A abertura do evento coube ao superintendente da unidade hospitalar, professor Valter Santana, que falou sobre a importância da presença e do engajamento de cada um dos convocados para o avanço e qualificação da prestação do serviço de saúde ofertado pelo HUL. E ao final participou do momento de assinatura do contrato com cada um dos profissionais convocados.  

“Conto com a dedicação e o compromisso de cada um de vocês para que cada vez mais possamos qualificar o atendimento em nossa unidade hospitalar”, observou Valter Santana. “Sintam-se partícipes; conto com todos neste processo de construção”, destacou o superintendente, ao chamar a atenção para o momento de mudanças e reestruturação do HUL. “O hospital passa por um período de transição, mas somos todos Hospital Universitário de Lagarto; independente do vínculo, estamos unidos num mesmo propósito”, enfatizou.   

O gerente de Atenção à Saúde do HUL, Professor Manoel Cerqueira Neto, destacou não somente o quantitativo de convocados, mas a diversidade de categorias profissionais que agora passam a integrar a unidade hospitalar. “Além do aumento da força de trabalho pela ampla convocação realizada, com uma equipe multidisciplinar ganha o paciente, que passará a ser cuidado, avaliado e atendido de forma mais ampliada”, lembrou.  

CONVOCADOS – “Para mim é um momento único; valeu a pena o sacrifício, o tempo de dedicação em meio a trabalho, estudo e família”, observou Elayne Vieira Pessoa, 35, técnica de enfermagem. “A expectativa é a de contribuir da melhor forma a partir de agora, pensando no melhor para os usuários”, disse. Ocupante do mesmo cargo, Marcelo da Silva, 36, falou também do seu contentamento em ter sido chamado pela EBSERH. “Foi uma grande surpresa ser convocado já neste momento; é uma conquista almejada por muitos e conseguida por poucos, considerando o que significa um concurso público”, ponderou. 

Mário Guimarães, 27, médico, falou da importância do HUL no contexto da rede de serviços públicos de saúde local e regional. “Acho que a EBSERH tem um papel importante a desempenhar aqui em Lagarto e região; e este momento de transição por certo vai demandar um pouco mais da responsabilidade de todos nós”, disse. “É o meu primeiro vínculo público, daí ser algo tão especial para mim este momento”, considerou. 

Já Lidiane Maria Silva, 34, técnica de enfermagem, falou do seu esforço e empenho até sair a convocação para atuar na unidade hospitalar. “Fui muita luta e estudo, e agora começa esta nova etapa em que espero contribuir da melhor forma possível”, destacou. “Esperei muito por este momento e ele tem sido muito especial; estou muito feliz a agradecida”, completou.

Fonte: Ascom

1 COMENTÁRIO

  1. A sociedade sergipana espera por uma assistência eficiente, para a partir daí ter ofertadas suficientes para todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here