Diante da indignação da população de vários bairros de Lagarto, com o descaso do Governo Estadual no que diz respeito a lentidão das obras de Esgotamento Sanitário neste município, especificamente da recuperação por pavimentação asfáltica ou por paralelepípedo nos Bairros Estação, Santa Terezinha, Ademar de Carvalho, Novo Horizonte e Catita no Centro da cidade, a Prefeitura Municipal de Lagarto, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEMDURB) notificou a empresa MRM, responsável pelos serviços.

A notificação emitida nesta quinta-feira, 14 de junho, consiste em proibir novas frentes de trabalho em ruas tanto com pavimentação asfáltica e em paralelos no município até que as recuperações dos bairros supracitados sejam executadas e comprovadas via relatório e vistoria por parte da equipe técnica da SEMDURB.

A medida se fez mais urgente diante da denúncia de moradores do bairro Estação, na periferia do município, que estavam há 15 dias com a Avenida Lourival Baptista, que compõe o bairro, interditada por completo.

O sr. Antônio Brito, engenheiro responsável pela MRM, alegou que a interdição se fez necessária porque o trecho em questão necessitou de uma escavação mais profunda e complexa. E que haverá uma interligação até uma estação elevatória que também está sendo construída naquela comunidade. Mas prometeu que a partir desta sexta, 15 de Junho, o trecho da via passará a funcionar em meia-pista.

E que solicitou aos operários a limpeza da via em questão, pois evidentemente neste período chuvoso o que já era poeira, virou lama.

O engenheiro ainda informou que a escavação seguirá por mais 30 metros até a Estação elevatória, mas que em contrapartida já iniciou a recuperação na pavimentação de pelo menos três ruas, sendo estas: Tobias Barreto, Laranjeiras e inclusive o início da Senador Lourival Baptista.

Representando o Prefeito Valmir, o secretário de Obras Noel Sousa lembra a população e especialmente a imprensa que o dever de fiscalizar é de competência do Estado, porem este serviço não está sendo feito. Por isso exigiu a presença dos responsáveis pela empresa ‘in loco’ para assinatura do termo.

“Como sempre faço questão de afirmar a obra em curso será de grande valia para Lagarto no futuro, mas os transtornos causados pela mesma no presente, há tempos ultrapassam os limites da tolerância. Pois enquanto o serviço de tapa-buraco é extremamente lento a abertura destas trincheiras é constante e diária. E estamos aí com este quadro deplorável de lama e entulho em diversas ruas do nosso município e a população culpando a Administração Municipal injustamente. Portanto, em reunião com o Prefeito Valmir, tomamos esta medida mais que urgente de proibir novas escavações enquanto as ruas ou avenidas que estão consideradas “prontas” não sejam recapeadas ou pavimentadas”, afirmou Noel.

O secretário também exigiu a correção na pavimentação das Ruas Tobias Barreto e Simão Dias, em que os ramais que cruzam estas ruas se transformaram em dezenas lombadas ocasionando avarias em diversos veículos.

 

 

4 COMENTÁRIOS

  1. A rua Gustavo Hora tá uma vergonha! O acesso pela Regional de Saúde com calçamento danificado, entulho de um serviço não finalizado, o esgoto jorra à céu aberto, o acesso pela rodovia que dá acesso a Riachão, na mesma situação. Até quando?

  2. A trav. Laranjeiras tem mais de 6 meses que escavaram e ate hj nao colocou os paralepipados de volta. Isso é uma vergonha

  3. Na minha casa colocaram os tubos entre a fossa e a rua e o acabamento desceu ta um buraco do quintal qte a rua.Essa empresa é muito fraca para esse trabalho,não conclui um serviço antes de iniciar outro.

  4. Noel, e governo do estado, vcs são uma vergonha.
    Na Rua Francisco Libório, esquina com Rua Tobias Barreto, temos um esgoto que parece uma lagoa, o senhor já tentou sanar o problema gastando nosso dinheiro com o asfalto, mas, talvez eu precise ensinar como corrigir o problema.
    Precisamos que ali, seja instalada uma “boca de lobo” que coletará o esgoto de um lado da rua e levará para o outro lado. Essa solicitação já foi feita por diversas vezes em todas as gestões e o problema persiste.
    Será que na do senhor o problema continuará no descaso.
    Acorda Valmir!!!
    Vcs precisam tomar uma aula de gestão com a atual gestão de Itabaiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here