A quarta noite do “VI Festival da Mandioca” em Lagarto, realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Cultura, da Juventude e do Esporte, e com recursos do Governo Federal, também foi de muito sucesso e alegria.

 

O público compareceu em peso mais uma vez e as atrações musicais animaram além da conta.

Mas a programação foi iniciada logo cedo, com a aguardada Final do ‘II Concurso de Quadrilhas Juninas’. Três finalistas, duas do município e uma de Itaporanga se reapresentaram para os jurados, no Arraial do evento. A premiação foi realizada pelo Prefeito Valmir Monteiro, pela Primeira-dama Andresa Nascimento e pelo secretário da da Cultura, da Juventude e do Esporte Rafalel Monteiro.

1° Lugar: garantindo o Bi-campeonato para a Arryba Saya;

2° Lugar foi para a Unidos do Arrasta-pé de Itaporanga D´Ajuda ;

3° para os veteranos da Buscapé;

Outras categorias premiadas com troféus

Melhor Marcador: Antônio Clécio da Arryba Saya;
Melhor casal de noivos: Empate entre os pombinhos da Arryba Saya e da Unidos do Arrasta-pé.

E a mais bela Rainha do Milho também foi para a Arryba Saya.

E tome forró

Quem abriu os shows da noite foi a respeitável Forró Brasil, que com Dedé, tocou os maiores sucessos dos ‘Forró das Antigas’, para seu público fiel que o acompanha há 29 anos desde que se radicou no estado de Sergipe. Impossível não se emocionar, as canções foram trilha sonora para muitos casais e transcendem o tempo.

Na sequência, entrou em campo, ou melhor, no palco, ‘a diferentona’ Samyra Show. Ela que já foi vocalista do Forró dos Plays e Forró 100%, segue firme em sua carreira solo e, diga-se de passagem, melhor a cada dia. Pela terceira vez no Festival, Samyra se impõe majestosamente como uma das atuais “Rainhas do forró eletrônico” para a atual geração – e também para os mais antigos. Os sucessos que estão no gosto popular fizeram parte do seu repertório.

O forró autêntico e a arte da sanfona nordestina tiveram seu momento com o talento de “Tatua, o mensageiro do Forró”, cuja cantora impressionou o público pela beleza da voz.

Já passava das 2h, mas o público não arredou o pé e ficou pra curtir as duas últimas atrações da noite:

E valeu a pena esperar por muito ‘forronejo’, arrocha com Elton Mota e encerrar a noite com o Diêgo Galã (Ex-Galã do Brega) que só se despediu do Festival quando passavam das 5h.

Fonte Secom/Lagarto-Se

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here