Portugal empatou por 1 a 1 com o Irã nesta segunda-feira (25), mas avançou para as oitavas de final no segundo lugar do grupo B da Copa do Mundo. O duelo ficou marcado por uma cobrança de pênalti desperdiçada por Cristiano Ronaldo, quando os atuais campeões europeus venciam por 1 a 0. No fim, os asiáticos buscaram o empate que não foi suficiente para a classificação.

Com o resultado, Portugal vai emparelhar com o Uruguai nas oitavas de final. A seleção espanhola, que arrancou um empate no fim com Marrocos por 2 a 2, ficou na primeira colocação da chave, e vai enfrentar a Rússia, segunda colocada do grupo A.

Portugal demorou para conseguir se virar no ataque sem seu principal astro inspirado. Mas Quaresma encerrou a dependência por Cristiano Ronaldo aos 44min do primeiro tempo. Tabelou bonito com Adrien Silva e encaixou um belo chute de trivela, sua característica, para abrir o placar.

Autor do gol contra o Irã, o português Ricardo Quaresma faz parte da vasta lista de grandes promessas que não vingaram. Surgiu no Sporting (POR) no início da década passada sob a expectativa de, pelo menos, rivalizar com Cristiano Ronaldo pelo posto de melhores portugueses de sua geração. Mas isso não aconteceu.

Cristiano Ronaldo teve a oportunidade de marcar seu quinto gol na Copa em um pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo. A cobrança, porém, parou nas mãos do goleiro Beiranvand. Se tivesse feito o gol, teria se igualado ao inglês Harry Kane na artilharia do torneio com cinco gols. Este foi o sexto pênalti desperdiçado por Ronaldo em 14 cobranças feitas com a camisa da seleção.

Portugal se classificava na liderança do Grupo B até o fim do jogo, quando Ansarifard, camisa 10 iraniano, marcou de pênalti o gol que jogou os portugueses para a segunda colocação.

Ele entrou no time do Irã aos 32 minutos do segundo tempo, no lugar de Ezatolahi, e fez com que sua equipe se despedisse da Copa do Mundo com a cabeça erguida. Ao contrário de Cristiano Ronaldo, bateu muito bem o pênalti aos 47min e empatou a partida com um chute no ângulo esquerdo.

A penalidade que resultou no empate iraniano também foi marcada graças ao VAR. O árbitro alegou que Cedric colocou a mão na bola dentro da área em uma disputa aérea.

IRÃ

Beiranvand; Ramin, Hosseini, Pouraliganji, Haji Safi (Mohammadi); Jahanbakhsh (Ghoddos), Ezatolahi (Ansarifard), Omid; Mehdi, Amiri, Sardar. T.: Carlos Queiroz

PORTUGAL Rui Patricio; Cedric, Pepe, Fonte, Raphael Guerreiro; William Carvalho, Adrien, João Mario (João Moutinho); Quaresma (Bernardo Silva), André Silva, Cristiano Ronaldo. T.: Fernando Santos

Local: Arena Mordovia

Juiz: Enrique Caceres (PAR)

Cartões amarelos: Haji Safi, Azmoun (Irã); Raphael Guerreiro, Quaresma, Cristiano Ronaldo (Portugal)

Gols: Quaresma (P), aos 44min do primeiro tempo; Ansarifard (I), aos 47min do segundo tempo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here