Para quem não está em uma relação tão boa com o dinheiro, cortar gastos pode não ser o suficiente para tomar as rédeas do orçamento. Nesses casos, vale a pena contar com a ajuda de um empréstimo! Com um dinheiro extra na conta, você quita tudo o que estava devendo e fica com uma taxa de juros justa para o bolso.

Apesar de parecer uma escolha simples, um passo em falso na hora de contratar pode te fazer voltar justamente para o que estava querendo manter longe: a bola de neve. Para isso não acontecer, é indicado considerar as características particulares de cada tipo de crédito, já que cada uma delas é ideal para uma situação diferente.

Para não ter dúvidas na hora da escolha, conheça os 3 principais tipos de empréstimo:

Empréstimo consignado

Todas as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento, antes mesmo do salário, pensão ou aposentadoria chegar às suas mãos. Isso traz segurança para você, que não tem a chance de ficar devendo, e para o credor, que tem a certeza do recebimento, e também costuma garantir taxas de juros bem pequenas.

Como o pagamento das parcelas é realizado automaticamente, é comum esquecer de incluí-las no planejamento mensal. Se isso acontecer, você provavelmente vai gastar o dinheiro reservado para essa despesa e, quando o salário cair, vai notar que não tem como pagar as contas. O importante é ter o cuidado de sempre colocar o empréstimo no seu orçamento logo no começo do mês.

Em geral, ele é oferecido somente a quem tem carteira assinada, é aposentado ou servidor público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here