A autônoma Janelma Santos, 29, moradora de Lagarto, acusa a Maternidade Zacarias Jr (na mesma cidade) de negligência após seu filho nascer morto e deformado.

O caso foi levado pelo vereador Ibraim Monteiro em sua fala nesta manhã de terça-feira(19) na Câmara de Lagarto, que pediu que uma foto da criança deformada fosse exibida a todos no telão.

Buscamos contato com a mãe da criança que, emocionada, disse que está passando por apoio psicológico e revelou que já tentou suicídio duas vezes depois do ocorrido.

Segundo Janelme Santos, moradora da Travessa São Paulo centro de Lagarto, o filho estava vivo em seu ventre e de acordo com pré-natal era pra ter nascido no dia 28 de abril.

“Fizemos os exames e meu filho estava vivo, era pra ter nascido no dia 28 de abril. Como era gravidez de risco fui encaminhada à maternidade pela clínica médica (Clinica De Saude Da Familia Jose Antonio Maroto) para acompanhamento durante o pré-natal. No dia 28 eu ouvi o coração do meu filho batendo, eu ouvi pelo exame. O médico me falou que o parto só seria no dia 12 de maio. Fui para casa então.

No dia 12 de maio enquanto tomava banho e me preparava para ir à maternidade desceu um bolo, um líquido estranho. 

Liguei para minha sogra preocupada e disse que a bolsa tinha rompido. Então fomos correndo para a maternidade. Chegando lá outro médico avaliou e disse que a criança já estava era morta e disse para entrarmos para cirurgia urgente, senão eu iria morrer também. Entrei às 10h e só fui sair às 16h. A enfermeira chegou pra mim e mandou eu avisar meu marido pra trazer o caixãozinho que meu filho estava morto e já se deformando”, falou.

Janelma conta que sua vida tomou outro rumo após o trauma.

“Não sou mais a mesma pessoa depois disso. Só sabe a dor que estou passando eu. Você voltar para casa e ver o quarto que a gente tinha arrumado para ele vazio. Hoje sou acompanhada por um psicólogo, já tentei me matar duas vezes por conta disso. O choro passa mas a dor nunca”, disse Janelma.

A jovem que tem mais dois filhos acredita que houve má vontade do médico e acusa a maternidade de não ter dado apoio algum depois do caso.

“Acredito que ele ficou preguiça, má vontade de fazer o parto. E a maternidade não me deu apoio algum depois disso”, acusou.

– Na foto abaixo Janelma ao lado de itens, roupinhas e até um carrinho que esperam o garoto em casa

MATERNIDADE ZACARIAS JR.

Em conversa com o presidente da instituição, Edivanilson Lima Rodriguês, falou que irá avaliar o caso mais detalhadamente junto à direção clínica para que possa emitir algum parecer.
“Não estou ciente deste caso específico mas irei analisar com o diretor clínico para que possamos nos posicionar, ver quais foram os médicos que acompanharam. De antemão digo que confio no meu quadro de profissionais e não posso condenar ou falar algo sem antes saber o que de fato aconteceu”, falou.

Fonte: Laelson Correia 

10 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente aconteceu algo parecido comigo nessa mesma maternidade,meu filho Nn morreu porque tive q fazer cesária paga e de ultima hora ,eles maltratam a gente demais ,meu filho nasceu com um coágulo de sangue na cabeça porque passou da hora ,essa maternidade e negligente demais ,profissionais q estão ali com ma vontade e maltratando a gente ,já esta na hora de alguem tomar uma providência

  2. Boa tarde lamentável o fato!mais quero dizer que a minha cunhada passou por um caso parecido com este,também esperávamos um princesinha estava tudo pronto e só fautava alguns dias pro parto quando a mãe notou numa quita-feira a noite que o bebê não tinha se mexido durante o dia,então de inicio esperamos alguma reação na sexta feira e nada,a noite fomos a maternidade e la colocaram o aparelho que ouve o coraçãozinho e não ouviram nada então pedirao pra faser uma ultrassonografia mais como era fim de semana não tinha como fazer e então só fizemos na segunda-feira e ficou comprovado que o bebê estava mosto e também já em estado de decomposição isso deixa em risco a situação da mãe então começou aquela correria aquela agonia aquele sofrimento,e então começou o trabalho para induzir um parto normal onde minha cunhada sofreu muito com essa negligência que essa senhora se queixa pois eles tratam uma parturiente devforma degradavel pelo fato dela da a luz a uma criança já morta pra, eles isso não é nada eles não entendem o sofrimento que elas estão passando o médico naquele dia colocou em risco não so a vida da minha cunhada mais de outras parturietes que foram atendidas nesse dia, e pra resume a uma falha muito grande da maternidade em relação com esse tipo de parto,não tem acompanhamento pisicologico nenhum e o mais importante respeito pela dor alheia! Então eu só reagi a esse caso porque sabemos o que essa senhora está passando e é tudo verdade! Beijão e Deus conforte o caracao dela e que ela saiba que Deus tem sempre uma segunda chance pra nós todos AMEM fica com Deus! !!!!!!

  3. Não é atoa que tem nome de matadouro essa maternidade aí, uma amiga minha também não perdeu a filhinha pq Deus primeiramente e secundo a irmã dela que tem uma amiga médica pq se fosse pelos médicos daí a filha teria nascido morta sendo que o parto dela era cesário e eles queria que ela tivesse normal sem ela ter passagem nenhuma, daí a irmã dela falou com a amiga contou tudo o que havia ocorrido e a amiga falou com o obstetra em Aracaju e ele pediu que levasse ela urgente, e assim foi feito ela só teve a cesária pq foi em Aracaju pq se fosse aí em Lagarto teria morrido. E ainda o tal do diretor diz que confia em sua equipe acho melhor ele rever esse quadro médico aí pq não é o primeiro caso que mães e filhos são maltratados e mortos nessa maternidade ai acho que está na hora de fazer uma boa investigação.

  4. jesus em que mundo vivemos, o cidadão n tem direito nem de nascer, não é de hoje que acontece esse tipo de situação, e nada acontece, onde estar os governantes,pois a fama dessa maternidade é rezar pra ser normal pois se precisar ser cesária só deus sabe o que pode acontecer.

  5. Profissionais desumanos!!! Médicos sem compromisso com a vida humana, técnicos de enfermagem sem profissionalismo. Maltratam as gestantes para forçar um parto cesariano particular.

  6. Meu DEUS! Só quem é mãe tem a noção da dor que esta mulher está passando. Tive meu bebê fez 2 meses hoje, paguei para ter cesariana por livre escolha, justamente com receio do que pudesse acontecer nas mãos desses carniceiros dessa maternidade. E tenho duas histórias para contar de quando eu estava la… Uma é que uma bebê nasceu morta, porque ela ia com dores e mandaram voltar durante 3 dias, a bebê morreu no ventre e ainda fizeram parto normal nessa gestante, que passou dois dias tomando remédio para poder ter. E a outra história que aconteceu é que a gestante tinha que ter cesariana urgente e o médico se recusou a fazer, a bebÊ defecou na barriga por esperar por mais de 8horas, nasceu com problemas. Essa é a maternidade de Lagarto, ou você paga ou você corre o risco de seu filho nascer morto e morrer também. Está precisando Roberto Cabrini vir aqui nessa carniça, pra colocar esses médicos onde eles mereçem, na cadeia.

  7. Bom eu mesmo tenho pavor a essa maternidade sou mãe e por pouco não perdir minha bb por irresponsabilidade deles meu parto era pra ser dia 21 de outubro e eu só fui ter minha bb no dia 29 assim msm pq meu esposo e minha irmã me levaram pra Aracaju passei 4 dias indo pra maternidade e eles mandando eu voltar no dia 29 pela manhá eu fui a médica disse que eu estava em trabalho de parto e com a pressão muito alta mas que té ria que vim pra casa e volutar a tarde daí minha irmã disse como pra casa se ela já tá em trabalho de parto eu vou levar pra Aracaju e sabe o que a que se diz médica rescondeu “pra vcs irem precisa de encaminhamento eu não vou só vou da se vcs forem pra casa e voltar a tarde minha irmã disse prontologia agente leva sem encaminhamento mesmo e daí fomos tive minha filha na maternidade nossa senhor de lurdes ela nasceu sem respirar direito passou 13 dias na UTI.
    Tudo por culpa desses irresponsáveis
    Sofri muito durante 13 dias em ver minha bb que tanto sonhei ali sofrendo cheia de aparelho por isso sei como essa mãe tá se sentindo eu msm tenho pavor a essa maternidade espero mais nunca precisar ir nela…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here