Pesquisa conduzida no Brasil mostra que a ayahuasca, usado em rituais religiosos, tem efeito benéfico sobre o tipo mais grave da doença.

O chá ayahuasca, utilizado em rituais religiosos como os do santo-­daime, mostrou-se eficaz no combate ao tipo de depressão mais severa, aquela que responde mal aos medicamentos disponíveis e acomete 100 milhões de pessoas no mundo, 4 milhões delas no Brasil. Conduzido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e recém-publicado no periódico britânico Psychological Medicine, o trabalho é o primeiro a avaliar de forma controlada os benefícios de uma substância psicodélica (ou seja, que provoca alterações na percepção e consciência) no tratamento da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here