Sergio Marchionne, ex-CEO da Fiat, morreu aos 66 anos, informou nesta quarta-feira (25) a companhia. O italiano estava internado em uma clínica de Zurique, na Suíça.

Marchionne deixou nos últimos dias o comando da FCA (conglomerado que inclui fabricantes como Fiat, Jeep, Ram, Dodge e Chrysler) e da Ferrari por motivos de saúde. O novo presidente da FCA é o britânico Mike Manley.

“Infelizmente, o que temíamos aconteceu. Sergio Marchionne, homem e amigo, morreu”, afirmou John Elkann, membro da FCA.

Troca no comando

A saída dele foi acelerada após Marchionne ter o estado de saúde bastante comprometido em decorrência de complicações médicas de uma cirurgia no ombro, realizada em junho.

Marchionne passou os últimos 14 anos no comando da companhia. Quando assumiu o posto, em 2004, o grupo se chamava apenas Fiat, sem as marcas americanas.

O executivo conseguiu organizar as finanças da Fiat e fazer a empresa lucrativa outra vez logo no ano seguinte, após perdas bilionárias em 2003.

Veja alguns feitos de Marchionne à frente da FCA:

  • 2005 – Fiat negocia o fim da parceria o direito de compra da GM sobre a marca italiana. Em troca, empresa americana paga US$ 2 bilhões
  • 2009 – A Fiat acerta a compra da Chrysler com o governo americano. Marchionne é nomeado CEO
  • 2011 – Dois anos depois, a Fiat assume finalmente o controle majoritário da Chrysler e suas marcas, Jeep, Dodge e Ram. Neste ano surge o primeiro veículo criado pelo grupo, o Fiat Freemont
  • 2014 – É criado o Grupo FCA, com sede legal na Holanda
  • 2015 – A Ferrari se separa da FCA, mas Marchionne é escolhido presidente da fabricantes de carros esportivos
  • 2015 – Marchionne tenta um acordo de fusão com a GM, que rejeita a proposta
  • 2017 – Dois anos depois da negativa da GM, o grupo tenta, sem sucesso, uma fusão com a Volkswagen
  • 2018 – Executivo rejeita vender a Jeep após especulações
  • 2018 – Em março, Marchionne vem ao Brasil, e visita a fábrica da FCA em Goiana (PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here