“Quero trabalhar pelo fortalecimento dos municípios”. Este foi o recado dado pelo senador Eduardo Amorim (PSDB), pré-candidato ao Governo de Sergipe, em um encontro realizado na capital, Aracaju, que reuniu prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e centenas de lideranças de todas as regiões do estado.

 

“O desgoverno que aí está trouxe um enorme prejuízo para a máquina administrativa estadual, para os servidores ativos e aposentados, para a população como desmonte das políticas sociais e para os setores produtivos do estado, pela inexistência de um projeto de desenvolvimento econômico e de geração de emprego para as várias regiões do estado”, criticou Eduardo, ao avaliar a situação atual do estado e discutir soluções para mudar a realidade dos sergipanos.

“Nossas rodovias estaduais foram abandonadas, constato isso frequentemente ao andar por Sergipe para visitar os municípios. Isso tem que mudar. Por isso, promovemos esse evento com os prefeitos, vereadores e lideranças para debater ideias e apontar caminhos que nos levem a um futuro melhor”, acentuou o tucano.

Coragem para “salvar”

Eduardo Amorim disse às lideranças é preciso coragem, determinação e estar preparado para salvar Sergipe. “Conto com um time que quer reconstruir Sergipe. Vamos construir junto com os prefeitos, vereadores e lideranças dos municípios o projeto para a Saúde e demais políticas sociais”, explicou.

Eduardo Amorim falou sobre as necessidades para a Segurança pública. “Um plano de segurança que consiga minimizar os altos índices de violência e criminalidade nos municípios – envolvendo as Polícias Estaduais, Polícias Federais e Guardas Municipais”, detalhou.

Ele disse que também é preciso reestruturar os órgãos e secretarias estaduais para que possam auxiliar os municípios nas suas necessidades. “Queremos construir com os municípios um grande projeto de desenvolvimento econômico regional. Fazer um governo municipalista”, disse.

Compromissos como senador

O senador lembrou o compromisso de seus mandatos com o desenvolvimento dos municípios. Foram destinados mais de R$ 450 milhões em emendas para os 75 municípios sergipanos.

“Sempre recebemos os prefeitos em Brasília, independente de bandeira partidária, e lutamos por recursos junto aos ministérios para fortalecer os municípios. Esse é o nosso jeito de fazer política”, ressaltou.

“Os gestores apresentavam as demandas das suas cidades e nós trabalhamos para que esses recursos fossem liberados e a população beneficiada. Vamos continuar trabalhando em prol do fortalecimento dos municípios”, acrescentou.

Críticas ao MDB

Falando em nome dos prefeitos e ex-prefeitos, o prefeito Gilson Andrade disse que “é uma honra falar em nome dos prefeitos sergipanos”, e criticou o atual Governo de Sergipe, que esteve sob a gestão de Jackson Barreto (MDB) e agora está com o seu vice, Belivaldo Chagas (PSD).

“Esse governo que aí está abandonou os prefeitos. Prometeu obras e mais obras, mas é tudo mentira. O Hospital do Câncer, que foi prometido há quatro anos em propaganda, não foi construído”, criticou.

“A gente precisa dar um basta em tudo isso e recuperar a esperança. A hora é agora. Precisamos da competência e do compromisso de Eduardo Amorim para resgatar esse estado e fortalecer Sergipe”, disse o prefeito”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here