oze municípios de Sergipe estão em situação de emergência por causa da seca. São eles: Porto da Folha, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida, Pinhão, Carira, Poço Redondo, Gararu, Monte Alegre, Canindé de São Francisco, Frei Paulo, Ribeirópolis e Tobias Barreto.

O decreto de situação de emergência é válido por 180 dias, mas pode ser prorrogado. E segundo a Defesa Civil, para o segundo semestre a expectativa da meteorologia é de que a seca continue.

Além disso, outros municípios devem adotar as medidas emergenciais no próximo mês, entre eles Poço Verde, que enfrenta uma das piores secas já registradas na região.

A Defesa Civil intensificou a operação carro pipa para a distribuição de água nos municípios em situação de emergência.

Prejuízos

A falta de chuva também causou reflexos na agricultura. De acordo com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), a expectativa é de que aprodução de milho em Sergipe registre uma queda de aproximadamente 50 % na safra deste ano.

O prejuízo é equivalente ao valor R$ 78 milhões, além de R$ 204 milhões que deixarão de ser movimentados na economia do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here