Quem cresceu assistindo Eliana no SBT e na Record, deve ter percebido que ela era diferente das demais apresentadoras de sua geração. Ao contrário das outras e fora da Globo, ela não se posicionava em um patamar de rainha ou de grande estrela, mas era tida como uma “amiga mais velha”, fazendo com que houvesse uma relação de cumplicidade.

Esse assunto foi abordado em sua entrevista ao Programa do Porchat,  na qual ela disse que não entrava na disputa “com as grandes”, mas que ficava em um lugar à parte, e que acabava sendo inferior. No entanto, para a surpresa de todos, a apresentadora do SBT se tornou a mais bem sucedida entre as demais.

Graças ao apoio da Record e de sua equipe, ela soube fazer uma transição impecável do público infantil para o adulto. A emissora da Barra Funda proporcionou que ela começasse com um programa nos moldes do que era exibido no SBT, bastante limitado, lhe deu uma plateia e a fez viajar pelo mundo, fazendo com que ela adquirisse bastante experiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here