O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos (Sintect), definiu em assembleia realizada nesta quarta-feira, 27, que continuará a greve deferida no dia 19 deste mês. A assembleia ocorreu no município de Itabaiana e reuniu servidores de Aracaju, Estância, Lagarto, Glória, Dores, Cristinápolis e demais cidades vizinhas.

Na última terça, 26, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) definiu que as federações representantes dos trabalhadores dos Correios teriam que garantir o efetivo mínimo de 80% dos empregados em cada unidade dos Correios, sob pena de multa diária de R$ 100 mil no caso de descumprimento.

De acordo com secretário de Comunicação do Sintect, Adriano Lima, os servidores já cumprem esta decisão. “A própria empresa por meio da imprensa já divulgou dados informando que 92% dos servidores estão trabalhando normalmente, então nós já estamos adequados a isso”, afirmou.

Adriano ainda enfatizou que a greve será mantida e que assembleias diárias estão acontecendo para informar aos servidores sobre os acontecimentos mais recentes. “A greve não é para o aumento de salário, é para a manutenção da empresa pública, melhores condições de trabalho e manutenção dos planos de saúde”, destacou.

Os servidores estarão reunidos em mais um ato nesta quinta-feira, 28, às 7h30, na agência dos correios da rua acre, no bairro Siqueira Campos, em Aracaju.

Correios

Os Correios informaram nesta por meio de sua assessoria que ingressarão com ação de dissídio coletivo junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). Segundo a assessoria, a ação ocorreu por conta do desacordo entre a empresa e os sindicatos. A partir dessa definição, caberá ao Tribunal decidir quais as próximas decisões serão acatadas.

Por Yago de Andrade e Aisla Vasconcelos – Portal Infonet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here