Um meticuloso esquema de golpes em um site de vendas foi desarticulado com a prisão de nove pessoas em Sergipe e no estado do Mato Grosso. A Operação aconteceu nesta  terça-feira (6) no município sergipano de Itabaiana e na cidade matogrossense de Rondonópolis contra os suspeitos, todos amigos ou membros da mesma família.

O esquema foi descoberto após investigações da Polícia Civil sergipana, através da Delegacia de Itabaiana quando estava a frente a delegada Luana Guedes, atual delegada de Campo do Brito, Macambira e São Domingos, que identificou o golpe no site OLX no estado e com ramificações para o Mato Grosso. 

De acordo com a delegada, anúncios de veículos publicados na OLX eram plagiados pelos criminosos. Os suspeitos entravam em contato com o vendedor verdadeiro, se passando por interessados, e conseguiam as informações necessárias sobre o veículo para, daí, enganar os possíveis compradores.

Após obter todas as informações,  os criminosos clonavam os anúncios e geralmente alteravam apenas os valores e o contato para a compra. Ainda segundo a polícia, durante a negociação e no encontro para ver o veículo, os suspeitos faziam com que as vítimas não tocassem no assunto de valores. Na compra, o dinheiro era depositado na conta de um dos integrantes da associação criminosa.

“Eles atuavam de diversas formas. O golpista se passava como vendedor para um e como comprador para outra pessoa, eles chegavam a ir ao cartório para reconhecer firma, a pessoa via o carro e ficava interessada em fechar negócio. Não ficou claro ainda se havia uma divisão efetiva de tarefas, o que havia era uma liderança. Quando o golpe era aplicado, eles dividiam o dinheiro ao final”, explica Guedes. 

Sete pessoas foram presas em Itabaiana e outras duas em Rondonópolis. Pelo menos quatro deles são membros da mesma família. O número de vítimas ainda não foi estimado, mas segundo a polícia o prejuízo já ultrapassa R$ 400 mil. 

Maycon Antônio de Carvalho Santos, preso no Mato Grosso com R$ 9.850, é apontado como o líder da quadrilha e responsável por conseguir as primeiras informações para plagiar o anúncio.

Também foi detida a mãe dele, identificada como Maria Cláudia de Carvalho, suspeita de envolvimento no esquema; Jessé Carvalho de Santana, irmão de Maycon; e Cristiano Carvalho,  primo deles. Também foram presos Fábio Araújo dos Santos, Gabriel Calazans, Pedro Ivo Nascimento Dantas, Claudemir Santos do Nascimento e Tarcísio Pereira da Silva.

A polícia alerta a população para que fique atenta e mais cautelosa na hora de efetuar uma compra pela internet. A delegada orienta que o consumidor confira todos os dados, a conta bancária e se as informações são seguras. “Se a pessoa pedir pra omitir dados desconfie, não depositem dinheiro na conta de terceiros, pois é aí muitas vezes que eles aplicam o golpe”, adverte Guedes.

A ação contou com mais de 30 policiais, e o auxílio da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), da Diretoria da Agência Central de Inteligência da PM-MT, da Agência Regional de Inteligência do 4º Comando Regional da PM-MT e da Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis-MT.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here