Dentro de um ano a cidade de Lagarto ganhará um novo e moderno Cemitério Horizontal. E em breve o município também poderá sediar o primeiro e único crematório do estado de Sergipe.

A notícia foi confirmada pelo empresário Geraldo Soares, em visita ao prefeito Valmir Monteiro no Gabinete do Poder Executivo.

O empreendimento que pertence a iniciativa privada receberá o nome de ‘Cemitério Jardim Campo Verde’, ocupará uma área de 58 mil metros quadrados no povoado Queiróz, zona rural do município, cuja licença de instalação já está sendo liberada.

A obra só não tinha sido iniciada devido a burocracia da Adema, cuja espera pelas devidas licenças durou quatro anos. O cemitério tem financiamento do Banco do Nordeste.

O prefeito Valmir Monteiro lembrou que o primeiro entendimento, juntamente com o início do processo de licença e demais certidões foram iniciados no final do seu primeiro mandato em 2012. E que a implantação deste cemitério dentro de sua gestão é mais um grande salto para a modernização do município. Já que o crematório mais próximo do estado fica em Salvador, BA.

De acordo com Geraldo e para melhor entendimento da sociedade o cemitério segue os moldes do ‘Colina da Saudade’ em Aracaju.

 Foto meramente ilustrativa

Nada de mausoléus tradicionais que ocupam espaços e superlotam os atuais cemitérios. O Campo Verde em Lagarto terá 5 mil jazigos, sepulturas de lápide sem aquelas edificações clássicas e comporta até dois caixões de uma só vez.

O projeto inclui velatório, capela, uma loja funerária e claro um prédio onde funcionará o futuro crematório. Que de acordo com o empresário, tamanha é a burocracia, que depois de liberado para Lagarto nem mesmo a capital conseguiria uma Licença Ambiental necessária para implantação de um concorrente.

Como funciona um ritual de cremação

Imagem meramente ilustrativa de um forno crematório.

Fonte: Secom – Prefeitura Municipal de Lagarto

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here