O jogador Lagartense Àthila Paixão, que foi uma das vítimas do incendio no CT,( Centro de Treinamento do Flamengo), chegou ao aeroporto de Aracaju, no fim de tarde de Domingo, dia 10 de Fevereiro, sob grande comoção, e foi levado pelo corpo de bombeiro de Sergipe até sua cidade natal Lagarto, no povoado Brasília,onde foi realizado seu velório na quadra do Povoado.

Àthila Paixão, se tornou o ídolo da cidade de Lagarto pela sua garra e persistência, desde muito cedo o menino vinha se destacando como jogador de futebol, e o sonho só crescia com ele, o seu velório teve homenagens de jovens jogadores e a presença de milhares de Lagartenses que se comoveram com a tragédia e foram prestar suas últimas homenagens ao jovem jogador.

 

O corpo de Àthila, foi sepultado na manhã dessa segunda-feira, no cemitério do povoado Brasília,onde lhe serão prestadas as últimas homenagens. 

Coberto por uma bandeira rubro-negra, o caixão seguiu em um carro aberto do Corpo de Bombeiros, durante um cortejo acompanhado por uma multidão pelas ruas do povoado.

No cemitério, muitas lágrimas pela partida precoce do jovem jogador.  “Ele passou dois meses de férias com a gente e no domingo passado voltou ao Rio empolgado porque iria para o novo centro de treinamento”, contou Adilson.

O sepultamento foi acompanhado por representantes do Flamengo que vieram do Rio de Janeiro, mas assim como os pais de Athila, preferiram não falar com a imprensa.

O Clube informou neste domingo (10) que vai manter o pagamento dos salários às vítimas do incêndio de sexta-feira (8) em um dos alojamentos do Ninho do Urubu.

Vários times sergipanos também prestaram suas homenagens a Àthila, a exemplo do Confiança e do time do Lagarto Futebol Clube, seus familiares, parentes e amigos, afirmam que Àthila será eterno em seus corações, e que a sua imagem de um jovem guerreiro e persistente jamais será apagada de sua memória.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here