Depois de conseguir acabar com as filas nas Unidades Básicas de Saúde do município, sanando, assim, um problema antigo vivido pela população lagartense, a Secretaria de Saúde vem angariando novas e boas conquistas que só beneficiam o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). Desta forma, e perante uma luta incessante para cada vez mais atender as demandas que a população precisa, o Núcleo de Atenção Especializada diminuiu o tempo de espera tanto para a marcação de consultas com os especialistas, como também, para a marcação de exames laboratoriais.

“O nosso trabalho consiste em beneficiar de forma segura o cidadão. Sabemos o quanto a população precisa da nossa atenção e dos serviços colocados por meio desta pasta. Por isso, há meses, estamos trabalhando com o intuito de diminuir esse tempo e, assim, garantir ao cidadão o rápido acesso aos serviços de saúde ao qual nos compete”, explicou Valmir Monteiro, gestor municipal.

Seguindo as diretrizes administrativas da Secretaria de Saúde, o Núcleo de Atenção Especializada realizou um levantamento do quantitativo de exames em espera. Para isso, foi necessário realizar um verdadeiro mutirão em busca de zerar a fila, tanto nos postos da zona urbana, como também nos povoados, onde existe ponto marcação. “Hoje temos orgulho de informar que, no município de Lagarto, a demanda reprimida está zerada. Os exames que possam existir nos postos já são de atendimentos realizados recentemente e que seguirão o fluxo normal de marcação”, disse Marilisa Rodrigues, Coordenadora de Atenção Especializada.

O Secretário de Saúde, Cleverton Oliveira, ressaltou o engajamento da administração municipal em disponibilizar logística necessário para os serviços de saúde. “Este é um trabalho constante em ouvir a população e posteriormente atender suas reivindicações. É uma marca da atual gestão, que não mede esforços para trazer saúde aos seus cidadãos. Temos a logística à disposição e servidores capacitados, só precisamos trabalhar”, salientou o chefe da pasta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here