Depois da carta enviada pelo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, às escolas brasileiras solicitando que os diretores reproduzam o Hino Nacional, leiam uma carta com teor partidário e filmem os alunos menores de idade durante a ação, o Governo de Sergipe se posicionou contrário ao comunicado.

A Secretaria de Estado da Educação, Esporte e Cultura informou que além de ferir a autonomia dos gestores escolares, fere também entes da federação “por estimular disputas ideológicas e por não haver um tratamento institucional”.

“A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura informa a todos que não tem intenção de adotar esta medida proposta e divulgada amplamente pelo MEC nas escolas da rede pública estadual de Sergipe”, diz parte da nota emitida pela pasta.

2 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado.. gritar Lula Livre nas instituições PODE!
    Criança apalpar homem pelado PODE!
    Cantar hino 1 vez por semana NÃO PODE! CRIME BÁRBARO! FASCISTAS!
    Em países ditatoriais, seus líderes são exaltados (Cuba – Fidel, Venezuela – Chavez, Coreia do Norte – kim jong un, *Brasil – PT – Lula)
    já em países democráticos, os símbolos nacionais são exaltados: A bandeira Nacional e o Hino Nacional.

    O país tá na merda q tá e ngm sabe o pq.. parabéns!!

  2. É por isso que Sergipe não desenvolve, não vejo estímulo de educação e de desenvolvimento humano. Essa ideologia não pode, mas, a IDEOLOGIA DE GÊNERO pode néh ? Lamentável esse Estado, vergonha de Sergipe, uma porcaria de região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here