Do final de semana até a manhã da Quarta-Feira de Cinzas, o Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS) atendeu 787 usuários que buscaram acolhimento e assistência na unidade hospitalar provenientes do município e região. Desse total, 240 foram classificados como Urgente, 31 como Muito Urgente e 13 como Emergência.

Segundo informações do hospital, ainda em relação ao quantitativo geral de atendimentos, 457 foram classificados como Pouco Urgente e 46 como Não Urgente ou Branco. Quanto a internamentos realizados no período, o HUL recebeu 12 pacientes para o setor de Ortopedia e Traumatologia, 9 pacientes para o setor de Cirurgia Geral, 13 pacientes para o setor de Pediatria e 27 pacientes para o setor de Clínica Médica, totalizando 61 pacientes internados.

De acordo com a classificação de risco adotada pela unidade hospitalar – que utiliza um sistema de cores para organizar o atendimento e acolher a todos os usuários que procuram a unidade -, é dado prioridade relacionada à gravidade de cada caso. Quem mais precisa, os casos mais urgentes, tem atendimento prioritário. Os casos mais leves ou menos graves são atendidos em seguida.

Aos usuários com condição de saúde mais grave é atribuída a cor vermelha (Emergência); os casos muito urgentes recebem a cor laranja (Muito Urgente); os casos urgentes, a cor amarela (Urgente); já aqueles que recebem a cor verde (Pouco Urgente) e azul (Não Urgente) são casos de menor gravidade, pouco ou não urgentes. A classificação é feita a partir das queixas, sinais vitais, oxigenação, nível de dor, glicemia entre outros sintomas.

Os usuários classificados com a cor vermelha precisam de atendimento imediato; os classificados como laranja precisam de atendimento urgente; aqueles classificados como amarelo precisam de atendimento, mas podem esperar por 60 minutos em média; os classificados como verde exigem atendimento médico, que pode ser feito também em Unidades Básicas de Saúde (UBS); e para os classificados como azuis usa-se a ordem de chegada ou podem também ser atendidos em UBS.

Com informações do HUL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here