Ao lado da vice-governadora Eliane Aquino e do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, o governador Belivaldo Chagas apresentou a Henrique Prata, presidente da fundação mantenedora do Hospital de Amor (Hospital de Câncer de Barretos) os serviços prestados no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism). Na oportunidade, Henrique Prata visitou a carreta que está fixada na área do Caism e conheceu o atendimento ofertado no Ambulatório de Retorno, que funciona no prédio ao lado do Centro.

“Nós estivemos em Barretos e conhecemos o funcionamento da rede de saúde daquele município, que tem a participação direta de Henrique Prata no Hospital de Amor e na rede de saúde básica. Estamos visitando unidades de Aracaju, o Caism, onde queremos ampliar o atendimento na área da saúde da mulher, principalmente na prevenção do câncer do colo do útero, câncer de mama. Ele tem uma experiência excelente pelo fato de ter assumido a Santa Casa de Misericórdia de Barretos que é quase idêntica ao nosso Hospital de Cirurgia. Quem sabe ele, com a experiência que tem, pode abraçar a administração do Hospital de Cirurgia. Vamos mostrar o que temos e aguardar que dessa visita a gente possa colher resultados”, declarou o governador.

O presidente da Fundação Pio XII reconheceu a iniciativa do governador em buscar referências de sucesso, como é o caso do Hospital de Amor, em Barretos. Por outro lado, Henrique destacou o desafio dos gestores públicos dos estados que sofrem com a dificuldade financeira de um modo geral, e na área da Saúde, o empresário atribuiu parte dessa crise ao congelamento da tabela do Sistema Único de Saúde – SUS.

“Daí vem o fragmento maior que atinge os estados, municípios, e consequentemente a população. O dinheiro é muito pouco para as necessidades que. Por isso, estou vendo o papel importante do governador e sinto-me feliz em poder contribuir com o que eu puder. Estou aberto a ajudá-lo porque senti uma honestidade imensa na vontade de melhorar e acertar. Nós vamos começar na formação dos médicos em Sergipe, para que eles tenham consciência do valor do médico de saúde da família”, enfatizou Henrique Prata.

A coordenadora geral do Caism, Débora Passos, legitima o empenho do governo em investir cada vez mais no trabalho de prevenção e tratamento contra o câncer. Ela reconhece a visita do presidente da Fundação Pio XII como mais um passo importante. “O Centro é referência no tratamento e diagnóstico na prevenção ao câncer de mama e útero, além da gestação de alto risco. A visita de hoje representa a importância do governo ao abraçar esta causa e trazer mais modernidade, para que a gente possa ampliar nossa cartela de serviços”, disse.

Palestra no MPE

Após as visitas à rede de saúde, o governador, ao lado das demais autoridades – entre elas o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo, secretários de Estado e prefeitos de diversos municípios -, participou da palestra ministrada por Henrique Prata no Ministério Público do Estado (MPE).

Na ocasião, Henrique falou sobre as experiências de sucesso obtidas na instituição de saúde em Barretos, com enfoque no acolhimento humanizado de pacientes. Ao final da palestra, Belivaldo aproveitou a oportunidade, com a presença de diversos prefeitos, e destacou a importância da participação ativa dos municípios na melhoria do atendimento prestado nas unidades municipais de saúde.

“Precisamos fazer com que a área de saúde funcione de forma integral entre estado e municípios. Precisamos interagir mais, para detectar onde existem os problemas. Ouço muitas reclamações de prefeitos e secretários municipais. Precisamos abrir tudo em relação à saúde, porque o objetivo é um só: melhorar o atendimento”, reforçou o governador.

Hospital de Amor

Referência no Brasil no que diz respeito à prevenção e tratamento de câncer, o Hospital de Amor é uma instituição de saúde filantrópica e a maior instituição oncológica do País, contando com unidades espalhadas pelas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte, sendo três hospitais em Barretos, Jales e Porto Velho, Rondônia, além de unidades fixas de prevenção ao câncer em Campinas, Fernandópolis, Campo Grande, Nova Andradina e Juazeiro.

Com uma média de 4.100 atendimentos a pacientes por dia e mais de 400 médicos que trabalham em período integral com dedicação exclusiva, a unidade é o hospital que mais atende casos de câncer pelo Sistema Único de Saúde [SUS] no Brasil em 18 especialidades.

Durante a passagem por Barretos, Belivaldo conheceu detalhadamente o funcionamento das carretas que atuam no trabalho de prevenção do câncer. Na visita, o governador recebeu informações sobre os melhores exames a serem feitos, como elas podem atuar de forma eficiente e, principalmente, sobre os equipamentos que elas carregam para atender bem a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here