O Ministério Público Federal quer que a Justiça Eleitoral continue investigando o deputado federal Valdevan Noventa (PSC).

O processo tramita na 2ª Vara Eleitoral de Aracaju.

Valdevan é acusado de falsificar doações na campanha eleitoral de 2018.

Em parecer de Habeas Corpus que tramita no Supremo Tribunal Federal, a procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, pede a cassação do mandado do parlamentar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here