Trecho da Rodovia SE 270 que passa pela Colônia 13 em Lagarto deverá ser federalizado em breve.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) estima executar, em até dois anos, as obras de pavimentação da BR-349, no novo traçado que percorrerá as localidades de Tobias Barreto, Tanque Novo, Riachão do Dantas, Colônia Treze em Lagarto, Salgado até o entroncamento com a BR-101 na Taboca.

Ao todo, serão 76,7 quilômetros dos quais 54 já se encontram implantados na forma de rodovia estadual coincidente com o traçado da rodovia federal, faltando apenas a adequação de capacidade pelo DNIT e colocação de um novo pavimento e nova camada de asfalto nos padrões de uma rodovia federal.

Os 22,7 km restante que correspondem a ligação em linha reta da cidade de Riachão do Dantas até a Colônia Treze serão abertos e pavimentados, eliminando assim o “Famoso L” e encurtando a viagem para Aracaju.

A rodovia federal é considerada uma das mais importantes vias de ligação do Estado com os grandes centros. É por ela que a maioria dos municípios recebe os produtos que importa de outros estados, a exemplo de gêneros alimentícios, combustíveis, e outros.

Com as antigas rodovias estaduais SE-270 e SE-170 agora passando para a jurisdição e responsabilidade do DNIT e sendo agora denominada rodovia federal BR-349 a manutenção e fiscalização do trecho ficará a cargo do Governo Federal por meio do seu Departamento de Infraestrutura de Transportes DNIT e da Policia Rodoviária Federal PRF.

Confira como ficará a rodovia no mapa abaixo:

A Colônia 13 deverá ganhar um entroncamento para esta nova BR com destino até Tobias Barreto. Do 13 até Lagarto permanece a SE-270.

500km a menos entre Aracaju e Brasília, DF.

A BR-349 é uma rodovia federal diagonal brasileira, que interliga a BR-020, na altura da divisa entre os estados de Goiás e Bahia, indo até a cidade de Aracaju, capital de Sergipe.

Possui asfalto da divisa até Bom Jesus da Lapa, quando se une à BR-430, através da Ponte Gercino Coelho. Novo trecho asfaltado está na cidade baiana de Seabra e depois somente nas proximidades de Aracaju, quando encontra a BR-235, sendo que, portanto, a grande maioria de seu trajeto é planejado.

Se implantada encurta a viagem da capital sergipana até Brasília em aproximadamente 500 km e beneficia dezenas de municípios nos estados de Sergipe e da Bahia.

A BR-349 é uma rodovia diagonal com 1.242,4 km. Seu ponto zero seria em Aracaju, no encontro das BRs – 101 e 235, e acaba no entroncamento com a BR-020, distante 323 km de Brasília, pertinho da divisa da Bahia com Goiás.

Na saída de Aracaju é coincidente com a BR-101 até Itaporanga D´Ajuda, a partir daí adentraria no interior.

Na direção sudoeste, cortaria ainda, em Sergipe, os municípios de Salgado, Riachão do Dantas e Tobias Barreto, além de diversos povoados e Distritos como o Treze e Tanque Novo. O processo de licitação da obra está em fase de conclusão.

Com informações do Ministério dos Transportes
Fonte: http://www.dnit.gov.br/icm/294-1-mapa_se_icm.pdf

6 COMENTÁRIOS

  1. Na última década o trafego de carretas entre o Centro-Oeste brasileiro (Bahia inclusive) e a região Nordeste, com soja, milho, sal e outros produtos, foi intensificado e a BR-349 passando pelo Treze será fundamental para o escoamento desses produtos.

  2. Constituirá em um novo eixo que percorrerá municípios com déficit de infraestrutura de transportes, alavancando o desenvolvimento e, ademais, desafogando as velhas rodovias estaduais secundarias.

  3. A implantação da BR-349 proporcionará o desenvolvimento de municípios do interior de Sergipe e Bahia, além de criar um corredor direto com a BR-101 dando acesso aos portos.

  4. Um dos grandes interessados no empreendimento, o prefeito de Aracaju Edvaldo Nogueira, diz que a rodovia vai facilitar o tráfego e diminuir a distância entre os estados vizinhos. “

  5. “Os impactos serão bastante positivos, principalmente para o turismo e a economia da capital e dos municípios sergipanos cortados pela estrada. Com a possibilidade de redução das distâncias entre os três estados, será aberto um novo horizonte para a expansão de Sergipe”

  6. Facilitará a interligação entre as cidades da Bahia com outras regiões e estados do país, como Sergipe e Minas Gerais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here