O prefeito Edvaldo Nogueira autorizou a retomada da construção da primeira maternidade municipal de Aracaju. A ordem de serviço para início da obra foi assinada, neste sábado (6), no local onde a unidade de saúde será erguida no bairro 17 de Março, na zona sul da capital sergipana.

Esse é um projeto iniciado na gestão anterior, do ex-prefeito João Alves Filho, que não avançou após problemas nos repasses da verba destinada pelo Governo Federal para a maternidade. A atual administração municipal revisou o esboço da obra que receberá um investimento de quase R$ 17 milhões através de um convênio com a União, com entrega prevista para setembro de 2020.

A maternidade ocupará uma área de 7.589,92 m² e contará com quatro pavimentos. O projeto inclui duas salas cirúrgicas, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 25 salas e dois elevadores. O estacionamento terá capacidade para 95 veículos e disponibilizará três vagas exclusivas para ambulâncias. Além do 17 de Março, a maternidade contemplará, diretamente, os bairros Santa Maria, São Conrado, Atalaia, Coroa do Meio, Aeroporto, Farolândia e toda a Zona de Expansão.

A unidade terá em sua estrutura 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva neonatal  (UTIn); 10 leitos de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo); cinco leitos de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa); 50 alojamentos conjuntos (mãe e bebê agrupados); duas salas cirúrgicas com três leitos de recuperação pós anestésica; três leitos de cuidados intermediários; dois leitos de estabilização; nove leitos de aplicação de medicação e observação; oito quartos PPP.

Posto de Saúde

O gestor também entregou à comunidade a primeira Unidade Básica de Saúde do bairro, a UBS Dr. Roberto Paixão. Com um investimento superior a R$ 1 milhão, fruto de um convênio entre a Prefeitura e o Governo Federal, a unidade beneficiará cerca de 20 mil usuários. A gestão da unidade será compartilhada com a Universidade Tiradentes.

“A Prefeitura investiu pouco mais de R$ 1 milhão para construir a unidade, uma obra que deixei assegurada no meu mandato anterior, mas que não teve continuidade. Agora, realizamos a obra, mas não tínhamos os recursos para a compra dos equipamentos. A Unit comprou todos os equipamentos, um investimento de R$ 450 mil, e vai trabalhar aqui com a gente. Também irá colaborar com a contratação de pessoal, e os alunos dos cursos da área de Saúde atuarão no bairro. Não vai faltar médico, não vai faltar material. Vai ser muito bem cuidado”, afirmou o prefeito Edvaldo Nogueira.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here