Pela primeira vez, mães de crianças que fazem uso do leite zero lactose (Aptamil SL) denunciam a falta do alimento no Centro de Atenção Integral à Saúde (Case), em Aracaju  (SE). A fórmula é essencial principalmente para as crianças recém-nascidas que fazem uso dela como principal fonte de alimentação.

Com uma criança de um ano e um mês, Vanderlea Santos de Barros se mostrou preocupada quando encontrou o estoque zerado na manhã desta terça-feira. Ela saiu de Nossa Senhora das Dores para buscar apenas três das oito latas que estavam na receita da criança. Segundo a mãe, a quantidade é suficiente para apenas uma semana.

A Secretaria de Estado da Saúde informou nesta manhã de quarta-feira (10) que o estoque foi reabastecido ainda na terça-feira (9), pela tarde. A informação foi confirmada pela mulher.

Entenda o caso

No dia 4 de abril, Vanderlea Santos de Barros buscou o leite no Centro de Atenção Integral à Saúde e foi informada que não teria previsão de chegada, pois a licitação não havia sido iniciada e o estoque estava zerado. Ela buscou o Centro de Especialidades Médicas (Cemar), local que oferece o alimento para as famílias de Aracaju, mas também não obteve resposta positiva.

Na última terça-feira, ela foi informada, por meio do Whatsapp do Case, de que tinham chegado cinco latas por intermédio de um doador. Como não era possível fazer a reserva, a mulher se dirigiu ao local e conseguiu adquirir três latas para o filho, na perpectiva da chegada do alimento.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here