Na manhã desta terça-feira (23), a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE) iniciou o julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa do prefeito licenciado de Lagarto, José Valmir Monteiro (PSC), que está preso desde o mês de fevereiro.

Valmir pode ser solto e não retomar o comando da Prefeitura de Lagarto

Contudo, o julgamento foi suspenso e encerrou com o placar de 1 a 1. Com o empate, a desembargadora Ana Lúcia pediu vista, o que adiou o julgamento para a próxima terça-feira (30). Será este voto que decidirá se o prefeito deixará ou não o Presídio Militar.

Entretanto, ainda que seja solto, Valmir Monteiro pode não retornar ao comando da Prefeitura de Lagarto, pois os desembargadores podem decidir pela soltura com algumas restrições, a exemplo daquela interposta ao prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, que foi impedido de adentrar a sede da prefeitura serrana.

Vale lembrar que Valmir é acusado de desviar dinheiro público, participar de organização criminosa e utilizar laranjas para lavar dinheiro público e obstruir a justiça. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here