Na manhã da última terça-feira (23), a Polícia Civil de Poço Verde prendeu Moisés Silveira de Souza. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), ele é o principal suspeito pelo desaparecimento do próprio tio, que é agricultor, e do funcionário deste ocorreu há oito meses no referido município.

De acordo com o delegado Fábio Pimentel, no dia do desaparecimento, Moisés foi a última pessoa a ser vista com as vítimas no local do desaparecimento. “Durante a instrução do inquérito policial foram colhidos diversos elementos probatórios e na oitiva do Moisés, ele entrou em diversas contradições que nos permitiram acreditar que Moisés era o principal suspeito. Havia também forte suspeita por parte da família de que o sobrinho tivesse envolvimento no crime, por conta de uma divergência relacionada ao patrimônio familiar. Isso teria iniciado um atrito entre o sobrinho e o tio. Além disso, o homem foi a última pessoa que esteve com as vítimas antes que elas desaparecessem e se contradisse em depoimento à polícia sobre o caso”, destacou o delegado Fábio Pimentel.

O delegado ainda afirmou que no dia do crime, nenhum pertence foi roubado e no local havia sinais de luta. Desde então, os homens estão desaparecidos.

Em relação ao funcionário do tio, conhecido como José Roni, o delegado informou que ele acabou sumindo por estar no mesmo local que Anselmo. “Nós temos convicção de que eles estão mortos mas como não existem corpos, não é possível falar ainda tecnicamente do crime de homicídio e sim de sequestro. Temos a convicção subjetiva de que as duas vítimas estão mortas”, concluiu o delegado Fábio Pimentel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here