O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) protocolou na manhã desta sexta-feira, 3, no Ministério Público Federal, uma representação solicitando investigação, para que seja levado ao conhecimento deste Órgão de controle, se está havendo malversação dos recursos públicos destinados às Universidades e Institutos Federais, notadamente o UFS e o IFS.

Após ampla divulgação de comentário feito pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, comparando despesas da Universidade Tiradentes e da Universidade Federal de Sergipe, a fim de defender a redução da aplicação de recursos na instituição pública de ensino superior, o parlamentar entendeu que deve ser revista a aplicação dos recursos e verificar a sua aplicação. Além disso, entende que, se houve divergência nos dados do ministro, que seja apurada a motivação.

“Conforme amplamente divulgado, inclusive através de entrevista fornecida pelo Ministro da Casa Civil Onix Lorenzoni ao canal GloboNews, tem sido afirmada a redução de repasse de recursos para as Universidades Federais, em especial para a Universidade Federal de Sergipe”, disse.

Gilmar argumentou na representação que a redução do repasse interfere na autonomia financeira das universidades que é caracterizada pela independência “didático-científica, administrativa e de gestão financeira e patrimonial”.

“As informações dão conta de uma perseguição àquelas instituições em face de divergências
ideológicas e principiológicas entre o atual governo central e as universidades federais”, defendeu o deputado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here