Diante do risco de fechamento de todas as feiras-livres, por meio de uma sentença judicial, a Prefeitura Municipal de Lagarto ainda não sabe quando reabrirá o Mercado Municipal do povoado Jenipapo. O prédio foi reformado, mas está fechado há 24 meses.

Mercado foi reformado sem licitação

Segundo Fábio Frank, secretário Municipal da Agricultura (Semagri), o motivo da não reabertura se deve ao fato de que a obra não foi executada via licitação, durante a gestão Valmir Monteiro. 

“Decorrente da forma em que foi reformado o mercado do Jenipapo, sem a licitação, o promotor Antônio César leite entendeu que ele não poderia ser aberto. Assim, solicitou algumas aplicações, como a instalação de freezers nas bancas e a instalação de uma câmara frigorifica. Nada disso foi feito, mas nós apresentaremos uma proposta a justiça”, informou.

Fábio Frank – Secretário Municipal da Agricultura de Lagarto

“Diante disso, vamos participar de uma audiência com a juíza e o Ministério Público, na próxima quinta-feira, para apresentar a nossa proposta para todas as feiras-livres do município e também ver a questão da reabertura do mercado do povoado Jenipapo”, completou o atual Semagri.

Questionado sobre a proposta que o Município apresentará, Fábio respondeu que não poderia falar, pois a juíza pediu sigilo. Contudo, o mesmo afirmou que o documento se encontra na Procuradoria Municipal. 

“Nós não queríamos nem que o mercado estivesse fechado. [Por isso] Nossa expectativa é poder reabrir o mercado o mais rápido possível, principalmente, diante do risco de fechamento das feiras-livres”, comentou.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Não podemos pensar em política, ou beneficiar a alguns quando o maior beneficiado será a população com higiene e melhores serviços a ela oferecidos, parabéns aos promotores de justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here