No começo da noite da última quinta-feira (9), o Lagarto Futebol Clube divulgou uma nota informando que as tratativas para uma possível cessão do Estádio Paulo Barreto de Menezes para sua diretoria foram iniciadas. 

Leia também:Reforma do Estádio Barretão está parada há seis meses

De acordo com a diretoria, a primeira reunião do ano ocorreu há cerca de um mês. “A diretoria do Lagarto esteve reunida novamente com representantes do Estado para cobrar o retorno da obra e negociar a possível cessão. Na reunião, o Estado demonstrou total interesse em resolver as pendências existentes e deixar o Barretão aos cuidados do Lagarto FC”, diz a nota.

Além disso, a diretoria do alviverde lembrou as tratativas para a cessão do estádio ao clube foram iniciadas ainda em 2017, na gestão do então governador Jackson Barreto (MDB), e que elas, atualmente, “estão em curso sob responsabilidade exclusiva da diretoria do Lagarto”.

Nas redes sociais, muitos torcedores do Lagarto FC comemoraram a notícia. Um deles afirmou que ter o Barretão sob o domínio da nova diretoria do clube será uma das melhores aquisições.

Nota divulgada pelo Lagarto FC:

Em 2017, quando a nova diretoria assumiu a gestão do clube, iniciou as conversas com o então governador do Estado, Jackson Barreto, para a reforma do Barretão e uma possível cessão da praça esportiva para o Lagarto FC.

Desde esse período, vários parceiros foram se somando a essa luta e o Deputado Federal Fábio Reis conseguiu o recurso para a reforma, que teve início no final de 2018 e foi interrompida por problemas burocráticos.

Há cerca de um mês, a diretoria do Lagarto esteve reunida novamente com representantes do Estado para cobrar o retorno da obra e negociar a possível cessão. Na reunião, o Estado demonstrou total interesse em resolver as pendências existentes e deixar o Barretão aos cuidados do Lagarto FC.

Sobre declarações do vereador Alex Dentinho que circularam nas redes sociais essa semana, pedimos que ele fique empenhado na cobrança das autoridades para o retorno urgente da obra. As demais negociações, iniciaram e estão em curso sob responsabilidade exclusiva da diretoria do Lagarto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here