Um esquadrão antibombas está em ação na Casa Rosada, sede do governo da Argentina, devido a uma ameaça, de acordo com canais de TV e jornais do país.

O alerta foi disparado por uma chamada telefônica.

Um anexo da Câmara dos Deputados foi esvaziado pelo mesmo motivo, uma chamada com ameaça de explosão.

Prisão mais cedo

Mais cedo, um homem foi preso ao tentar entrar na Casa Rosada com uma pistola. Um homem de 36 anos chamado Francisco Ariel Muñiz foi detido.

Ele alegava ter uma reunião com o presidente Mauricio Macri, informaram fontes oficiais.

“Ao constatar que a audiência com o presidente não existia, o homem tentou deixar a bolsa que continha um revólver Magnum 44 Taurus”, acrescentou a presidência argentina, em um comunicado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here