Na manha de terça-feira, a Secretaria de Estado da Saúde se reuniu com secretários de 14 municípios do alto sertão sergipano e de cidades circunvizinhas com o objetivo de traçar estratégias e definir metas e ações no combate à dengue. A região tem a predominância nos casos de  dengue.  Na reunião, o estado informou que 827 casos foram notificados e 148 confirmados este ano.

De acordo com informações da pasta, somente no ano de 2019 foram registradas em Sergipe quatro mortes por dengue – um adulto e três crianças -, a última confirmada nesta segunda-feira (13).

Já são cerca de 523 casos notificados, com 113 confirmados pelas equipes de saúde de Sergipe. “Precisamos ter o controle dessa doença. Por isso é importante conhecer o panorama, discutir os processos de trabalho com os gestores e ver quais ações implementar para melhorar e controlar”, afirmou a diretora de Vigilância em Saúde da SES, Mércia Feitosa.

Conforme a diretora, não existe um fator característico que justifique a predominância no alto sertão. Ela indica que o terceiro Levantamento Rápido de Infestação por Aedes (Lira) pode identificar melhor as razões da infestação.

Além desses 14 municípios, a reunião dará destaque para outras 20 cidades que, segundo a SES, estão silenciosos, ou seja, não têm notificações sobre a doença, apesar de apresentarem alto índice de infestação do mosquito transmissor da dengue.

“A discussão mais efetiva acontecerá na próxima sexta-feira (17) com os próprios secretários de Saúde dos municípios para alinhar”, afirmou Mércia Feitosa.

. Na reunião, o estado informou que 827 casos foram notificados e 148 confirmados este ano.

Na segunda-feira (13), o estado reconheceu como sendo a quarta vítima de dengue ummenino de cinco anos, de Nossa Senhora da Glória (SE).O caso foi registrado na manhã da quinta-feira (9).

No dia 19 de fevereiro, uma criança de seis anos morreu da doença no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). No dia 20 de abril, a vítima foi um menino de sete anos que morreu no Hospital Regional de Nossa Senhora da Glória. Já neste mês de maio, um homem de Nossa Senhora da Glória morreu no Huse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here