Nesta semana, a reportagem do Portal Lagartense recebeu a informação de uma moradora do povoado Várzea dos Cágados, na zona rural de Lagarto, dando conta que o Posto de Saúde da comunidade está sem atendimento médico há sete meses. A informação pela secretária Municipal da Saúde, Luíza Ribeiro.

Segundo ela, não somente o citado posto de saúde está sem profissionais da medicina, como também outras unidades não elencadas. “Médico é a maior dificuldade. Já solicitamos 10 e, na secretaria, só chegou a documentação de sete”, destacou Ribeiro acrescentando que eles devem dar início aos trabalhos entre o final de maio e o começo de junho.

Questionada sobre a irônica falta de médicos numa cidade que forma anualmente novos profissionais da saúde, Luíza lembrou que várias situações levam a tal carência. “As vezes eles vão embora por conta de uma especialização, ou por terem recebido uma proposta melhor. O Dr. João Costa, por exemplo, foi embora porque recebeu uma proposta melhor”, argumentou.

E completou: “Enquanto não criarmos um parâmetro de salário para os médicos, essa falta vai continuar. Na Barra dos Coqueiros, por exemplo, se paga R$ 12 mil a um médico, então você acha que um profissional de Aracaju vai querer vim para Lagarto? Não vai”.

Ainda na entrevista, Luíza Ribeiro lembrou que na sua pasta havia a necessidade por dezenas de enfermeiros e técnicos em enfermagem. “O levantamento foi feito e eles já foram contratados. A nossa demanda agora é somente os médicos, que precisamos de nove”, acrescentou.

Com a falta de médicos na atenção básica, cresce a demanda por atendimento no Hospital Universitário de Lagarto (HUL). A unidade tem sido alvo de muitas críticas geradas pela demora nos atendimentos, ocasionados pela sobrecarga.

Relembre: População reclama da demora nos atendimentos no HUL

3 COMENTÁRIOS

  1. Olha aí a explicação para o sumiço dos médicos nos postos de saúde…tanto aqui na cidade como nos povoados de Lagarto… a notícia diz tudo…

  2. Olha aí a explicação para o sumiço dos médicos nos postos de saúde…tanto aqui na cidade como nos povoados de Lagarto… a notícia diz tudo…
    …. e o povo nesse aperreio todo, fazendo o que não pode para sair da cidade ou sai correndo pro hospital regional, que na verdade é um pronto socorro, com problemas de saúde que poderiam ter um alento no posto do município…o comentário que corre é que tem muita gente indo até buscar remédio no regional… veja a situação dos nossos postos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here