A Polícia Civil do município de Salgado, no centro-sul de Sergipe, concluiu as investigações do suposto envenenamento que levou à  morte um homem e deixou outros dois hospitalizados. Raimundo Florêncio da Silva e outras duas pessoas passaram mal enquanto bebiam em um bar na cidade, no dia 7 deste mês.

Raimundo faleceu antes de ser socorrido no Hospital Municipal e os outros dois, Valdomiro Emílio dos Santos e Rony Clécio dos Santos, foram hospitalizados por alguns dias e receberam alta.

Segundo o delegado Paulo Cristiano, os três homens tomaram a substância tóxica acreditando ser cachaça e começaram a passar mal. Após os exames toxicológicos, foi constatado que o líquido era um veneno tipo formicida, vulgarmente conhecido como “Folial”, produto químico destinado a combater  formigas.

O produto chegou às mãos das vítimas como forma de pagamento por um serviço prestado à uma moradora da região. De acordo com o delegado, o marido da mulher trabalhava como horista em uma fazenda, aplicava o produto nas plantações e costumava armazenar o veneno em uma garrafa de cachaça.

“Ela não tinha como pagar em dinheiro e resolveu pagar com uma garrafa de cachaça. Ela retirou essa garrafa de bebida dos pertences de seu marido, não sabendo, a princípio, que se tratava de veneno agrícola”, esclareceu o delegado.

A polícia ainda afirma que está verificando a possibilidade de indiciar ou não o casal por homicídio culposo, caso considere que ele foi negligente na guarda do material venenoso. O procedimento vai ser encaminhado para a Justiça local, que o enviará ao Ministério Público e adotará as medidas cabíveis.

*Com informações da SSP/SE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here