Discutir e pactuar iniciativas visando o fortalecimento da Atenção à Saúde em Lagarto e região. Esse o objetivo da visita do secretário de estado da Saúde, Valberto de Oliveira e da secretária municipal de Saúde, Luíza Ribeiro, com suas respectivas equipes ao Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS).

Os secretários e demais autoridades foram recepcionados pelo superintendente do HUL, professor Valter Santana e pelo gerente de Atenção à Saúde, Manoel Cerqueira Neto. Durante o encontro, o chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do HUL, Marcos Henrique dos Santos apresentou os números relativos aos atendimentos realizados pela unidade hospitalar neste primeiro quadrimestre de 2019, que chegou ao patamar de 20 mil e 659 atendimentos.

Desse total, 70,39% dos pacientes foram classificados como de baixa-complexidade, correspondendo a 14.543 usuários atendidos class. No mesmo período foram realizados 1.391 internamentos, 436 cirurgias e 13.731 exames (laboratoriais e de imagem).

O grande fluxo de pacientes de baixa complexidade no hospital e a capacidade do município em otimizar os atendimentos nesse nível de complexidade foi um dos pontos de discussão entre os presentes.

“A nossa preocupação é passar esse período sazonal com a população sendo atendida e acolhida”, ressaltou o secretário Valberto de Oliveira. “A gente está acionando agora porque esse pico vai coincidir com os festejos juninos e os riscos de adoecimentos e acidentes envolvidos”, disse.

“Esse encontro foi uma oportunidade de discutirmos a rede como um todo, considerando o protagonismo e envolvimento de cada um dos entes, com a presença do secretário Valberto, da secretária Luíza e suas respectivas equipes técnicas”, observou o professor Manoel Cerqueira Neto, gerente de Atenção à Saúde do HUL. “A fim de potencializar ações conjuntas e coordenadas, maximizando os processos de trabalho e assistência ofertados à população, em todos os seus níveis”, destacou.

Os secretários e respectivas equipes também visitaram setores e alas do hospital como o Centro Cirúrgico, a UTI, as Alas Amarela e Vermelha, enfermarias e recepção da unidade hospitalar.

Fonte: SES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here