Em assembléia ocorrida na manhã desta segunda-feira (20), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe (Sintese) aprovou, por maioria absoluta, o aumento salarial de 8% oferecido pela Prefeitura de Lagarto. Com isso, a proposta segue para a apreciação da Câmara de Vereadores.

A conquista foi fruto de muito diálogo entre os professores – que reclamavam também uma compensação na defasagem salarial de 36% – e da prefeita Hilda Ribeiro junto com o secretário de Educação, Eduardo Maia.

Vale lembrar que, em 2019, o reajuste nacional do piso do magistério foi de 4,17%. Diante disso, pode-se dizer que a proposta apresentada pela Prefeitura de Lagarto, além de cobrir o percentual já estabelecido também ameniza a defasagem salarial.

De acordo com a Prefeitura Municipal de Lagarto, a proposta foi pensada levando em consideração o impacto financeiro nas contas do Município. Uma vez que o objetivo é manter o pagamento do funcionalismo público municipal em dias.

Diante disso, a prefeita Hilda lembrou de dois projetos da gestão para a educação municipal. “O projeto da Prefeitura é avançar na recomposição da carreira do magistério e na melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”, destacou a chefe do executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here